cartdowneyefacebookfilterheartinfo-barsinfo-cardinfo-packageinfo-truckinstagrammailnextordersprevioussearchtelephonetwitteruserclose

HYFLEX CM - COLTENE

HYFLEX CM  - COLTENE
Passe o mouse e veja detalhes
  • Código: 869
  • Marca: Coltene
  • Referência: 9969
  • Modelo: CM
  • Disponibilidade: Imediata
Avaliar

Por:
R$ 270,00

R$ 256,50 à vista com desconto Itau Shopline
ou 1x de R$ 270,00 Sem juros

 
+ Ver todas as formas de pagamentos

Calcule o seu frete

Simulador de Frete
- Calcular frete

CM – Limas Rotatórias NiTi com Controle de Memória, as limas Hyflex CM e GPF são 300% mais resistente à fratura, possui extrema flexibilidade + pré-curvamento = excelente modelagem do canal, readquire a forma após a esterilização – Múltiplos usos, e indica o momento do descarte – minimiza o risco de fratura. Pode ser utilizada em diferentes técnicas: Crow-down, step back ou single length ou a que melhor se adapte ao dia a dia do profissional. 

Hyflex CM Fille 25mm

1 lima 04/20

1 lima 04/25

1 lima 04/30 

1 lima 04/40 

1 lima 06/20

1 lima 08/25

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Marca: Coltene
  • Apresentação: Embalagem com 6 unidades
  • Comprimento: 25mm

CASO CLÍNICO RETIRADO DO SITE DA COLTENE: 

https://www.coltene.com.br/caso_clinico/um-novo-conceito-de-instrumentacao-sistema-hyflex-cm-relato-de-casos/

UM NOVO CONCEITO DE INSTRUMENTAÇÃO – SISTEMA HYFLEX® CM
Tulio Lorenzo Olano Dextre
Celso Kenji Nishiyama 
 

Para o sucesso do tratamento endodôntico, é essencial a correta limpeza e modelagem do canal radicular, obtendo forma cônica semelhante à sua forma original, possibilitando as condições para que possa ser hermeticamente obturado. A etapa que sofreu grandes transformações nos últimos anos foi o preparo radicular com sistemas mecanizados, sendo um gradual “substituto” do preparo manual. Uma das grandes inovações em Endodontia foi a introdução do níquel-titânio (NiTi) para fabricação de instrumentos endodônticos devido à super elasticidade, que proporciona maior flexibilidade e resistência à fadiga cíclica, permitindo às limas de seguirem efetivamente o caminho original do canal radicular. Apesar das excelentes propriedades mecânicas da liga de NiTi, a separação de instrumentos continua sendo a preocupação principal. Entre os novos sistemas existentes, desde a introdução do NiTi, o sistema HyFlex® CM (Coltène – Whaledent), que é fabricado com um único processo térmico que fornece maior flexibilidade sem efeito de rebote, proporcionando melhor centralização no canal, maior resistência à fadiga cíclica e propriedades regenerativas que fazem que retorne a sua posição original. O objetivo deste trabalho é apresentar o sistema HyFlex® CM em diferentes condições anatômicas mostrando a sequência clínica e suas características através da apresentação de 3 casos clínicos.

Relato caso

Individuo de gênero masculino, de 40 anos, leucoderma, matriculado no Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo (HRAC-USP) com fissura labiopalatina e edêntulo parcial, foi encaminhado pelo setor de Prótese, para realizar o tratamento de canal do canino superior direito, dente 13. Ao exame clínico bucal foi observado que não apresentava sintomatologia dolorosa, o dente se encontrava com perda de estrutura coronária. Ao exame radiográfico periapical apresenta-se sem alterações na região periapical (Figura 1), aos testes de percussão vertical e horizontal apresentou resposta negativa, e ao teste de sensibilidade com gás refrigerante (EndoFrost – Roeko) com resposta positiva. Foi planejado o tratamento endodôntico por finalidade protética em única sessão (Biopulpectomia). Após anestesia infiltrativa com mepivacaína a 2% e isolamento absoluto com arco de Ostby (Jon), lençol de borracha (Roeko – Coltène) e grampo no 208,  procedeu-se com o acesso da câmera com broca esférica diamantada no 1012 (KG – Sorensen) e os desgastes compensatórios com broca rotatória LA Axxess no 2 LASS, com ponta 0,35 (SybronEndo) com a câmara inundada com hipoclorito de sódio a 1%. Para estabelecer o comprimento de trabalho foi utilizado localizador eletrônico foraminal Root ZX II (JMorita) com lima K Flexofile # 20 (Dentsply – Maillefer) confirmado com a radiografia de odontometria (Figura 2). A instrumentação foi realizada com o sistema HyFlex® CM™ (Coltène – Whaledent), com a sequência: 25/0,08, 20/0,04, 25/0,04, 20/0,0,06, 30/0,04 e 40/0,04 e complementada com duas limas adicionais: 45/04 e 50/04, acionado com motor rotatório X-Smart (Dentsply – Maillefer) a 500 rpm e com torque de 2,4 Ncm, irrigando entre cada instrumento com hipoclorito de sódio a 1%. Terminada a instrumentação o canal foi condicionado com EDTA a 17% (Biodinâmica) durante 3 minutos e em seguida, neutralizado com soro fisiológico. A obturação foi realizada utilizando cone de guta-percha principal # 50 com conicidade 0,04 (Tanari) e cimento AH Plus (Dentsply – Maillefer). Foram colocados cones secundários B7 (Tanari) passivamente e condensação vertical para complementar a obturação no terço cervical (Figura 3, 4 e 5). O acesso foi selado com ionômero de vidro restaurador Maxxion R (FGM) e encaminhado para reabilitação final.

E aí, vai levar?